Avaliação técnica veicular.

Perícias em acidentes de trânsito e adulterações de veículos.

Análise de falha mecânica ou vício oculto abordando os seguintes pontos:

-Veículos em garantia de fábrica que se envolveu em acidente

-Falhas recorrentes sem atendimento de concessionárias ou montadoras

-Análise de responsabilidade do fabricante

 

Avaliação  industrial.

Perícias em falhas mecânicas de máquinas e equipamentos. Laudos de avaliação de máquinas e equipamentos com qualidade técnica, fundamentação e precisão de acordo com as normas técnicas da ABNT e Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) no CREA. Elaboração de laudos para definição de vida útil e cálculos de depreciação de máquinas, equipamentos e outros bens móveis.

 

Assessoria

Prestamos toda a assessoria/consultoria necessária a fabricantes de veículos e/ou implementos rodoviários, desde a montagem do processo até o acompanhamento da avaliação por Instituições Técnicas Licenciadas pelo INMETRO - ITL e Departamento Nacional de Trânsito - DENATRAN até a emissão do CAT - Certificado de Adequação à Legislação de Trânsito.

Transformadores de veículos:

Para que haja algumas transformações em veículos como ambulâncias, bombeiros, motor casa, cabine dupla ou estendida, limousines, entre outros modelos, deverá ser criado um protótipo e homologado pelo INMETRO/DENATRAN com a criação do Certificado de Adequação à Legislação de Trânsito - CAT, que é o certificado que gerará novo código RENAVAM para aquele protótipo e permitirá a atualização da documentação daquele protótipo de veículo e de outros da mesma marca/modelo/versão  que sejam posteriormente transformados da mesma forma.

 

Encarroçados:

Para que se possa produzir e instalar carrocerias e implementos, deverá ser criado um protótipo e homologado pelo INMETRO/DENATRAN com a criação do Certificado de Adequação à Legislação de Trânsito - CAT, que é o certificado necessário ao sistema RENAVAM para cadastramento do implemento naquele veículo e outros que venham a ser encarroçados com o mesmo implemento na Base de Índice Nacional - BIN.

 

Importadores:

Como veículos importados têm seu registro inicial em seu país de origem, estes têm a necessidade de ser cadastrados no sistema RENAVAM para licenciamento no âmbito nacional.

Para que seja licenciado, o primeiro passo após a importação é a criação do CAT, para inserção do número de chassi - VIN e marca/modelo/versão do veículo no sistema RENAVAM. 

 

Fabricação:

Para a fabricação de rebocáveis leves e pesados , se torna necessária a criação do CAT para cada tipo de protótipo.

Após a criação do CAT, o referido protótipo poderá ser produzido em série, não necessitando de nova homologação, desde que sejam mantidas as características do protótipo.

 

 

   

  

Desenvolvido por GeDê Agência Digital. Todos os direitos reservados.